Τροφοδοσία RSS

BRASIL: PALABRAS DE LA BIBLIOTECA KAOS EN SOLIDARIDAD CON LXS COMPAÑERXS DE LA CCF

jpg_presxs_a_la_calle

(Recibido al mail)

A biblioteca Kaos manda todo seu apoio e sua solidariedade para xs compas de CCF que estão enfrentando mais uma vez um juízo na sua contra. Acreditamos que cada passo que dão é um passo na direção da liberdade.
Xs compas de Conspiração Células de Fogo estão encarceradxs nas prisões gregas desde 2009, acusadxs de mais de 250 atentados terroristas. Por convicção anarquista, negaram todo “apoio” jurídico, são elxs mesmxs que se pronunciam durante os juízos. Em janeiro de 2015, enquanto estavam organizando um plano para fugir da prisão, a polícia interceptou a tentativa e usaram isso para criar novos cargos contra xs companheirxs como também como pretexto para perseguir ao entorno afetivo dxs companheirxs. Assim, Evi Statiri, a companheira de Gerasimo Tsakalos, Athenas Tsakalou, sua mãe e Christos Polydoros foram encarceradxs. Frente a isso, xs companheirxs fizeram uma longa greve de fome que quase acabou com a vida de várixs delxs. Fazendo do seu corpo uma arma solidaria, xs companheirxs da CCF conseguiram que Athenas, Evi e Christos fossem libertadxs.
Agora, nesses dias está acontecendo um novo juízo contra elxs, especificamente em relação à tentativa de fuga.
Porque sabemos que não existe melhor defesa que o ataque…
Solidariedade Insurreta com xs companheirxs da Conspiração de Células de Fogo.
Biblioteca Kaos.
O texto do cartaz foi traduzido do cartaz solidário com CCF de parte da Okupa Nadir
Texto do cartaz:
Toda tentativa de fuga é um ato de liberdade…
Por uma viagem sem retorno, nenhum passo atrás!
Para o dia 4 de janeiro de 2015 estava organizado o escape da prisão de Korydallos (Grécia), planejada pelxs compas de Conspiração Células de Fogo.
O dia previsto, a polícia interrompeu a fuga, da qual disseram foi o mais perfeito golpe organizado nas últimas décadas.
Depois de isso, o Estado levou a cabo uma série de perseguições, detenções e mudanças, detenções que também atingiram axs familiares e afins dos compas presxs (Athena Tsakalou, Evi Statiri, Christos Polydoros).0 dia 22 de fevereiro começou o julgamento pelo plano de escape.
As prisões não se melhoram, se destroem!
Solidariedade com Aggeliki Spyropoulou e xs compas da CCF!

Visite nosso blog: bibliotecakaos.noblogs.org

No responses yet

Leave a Reply